Menu Poa ACPA com o prefeito Sebastião Melo


Estivemos presentes no primeiro evento presencial da Associação Comercial de Porto Alegre (ACPA) desde o início da pandemia. O palestrante foi o prefeito Sebastião Melo, que falou sobre os desafios para a retomada do desenvolvimento social e econômico na cidade.

Um dos destaques, foi a revisão do Plano Diretor de Porto Alegre e um projeto do Executivo que define regras especificamente para o Centro Histórico da cidade. A proposta funcionará como uma espécie de Plano Diretor próprio para a região. A ideia é reativar a economia, qualificar vias e áreas públicas e quase dobrar o número de moradores de um bairro que vive um processo de degradação durante as últimas décadas. Melo encara o 4º Distrito como um "Centro estendido", e, por isso, diz que um projeto nos mesmos moldes do que já tramita na Câmara Municipal para o Centro Histórico está "no forno" para a região na Zona Norte da Capital, e logo deve ser apresentado pelo Executivo.

O prefeito falou também sobre o DMAE, e afirmou que essa concessão está totalmente condicionada à entrega também da drenagem urbana para a iniciativa privada. "Nós vamos, sim, fazer a concessão, mas eles têm que levar junto a drenagem urbana. Temos 100% da população atendida e 60% do esgoto tratado, não podemos entregar o filé, e a drenagem ficar com a gente", afirma o prefeito.

Porto Alegre tem um problema histórico de drenagem urbana. Não é preciso muito volume de chuva para que diversas regiões da cidade alaguem. "Se fizerem a questão da drenagem urbana, nós vamos conceder. Nessas condições", exige Melo.


Foto: Mateus Raugust/PMPA